quinta-feira, 23 de abril de 2015

Mademoiselle e as Camélias

Gabrielle Chanel fez da camélia um dos seus acessórios favoritos, usando a flor como broche no ombro ou nos cabelos.
O vestuário masculino lhe foi grande fonte de inspiração e nos dândis do século XIX, descobriu a flor de curvas geométricas. Os dândis usavam a camélia para decorar suas abotoaduras porque esta não exalava nenhum odor e Mademoiselle apreciava assim, o fato desta flor andrógina não mascarar o cheiro de seu parfum N°5.    



Mademoiselle Chanel



A camélia então, já uma marca registrada de Mademoiselle Chanel, tornou-se emblema da Maison.
Entre todas foi escolhida a flor branca, que mantém suas folhas ao longo das estações, uma característica singular que faz dela um símbolo de pureza e de longevidade.



A camélia da Maison Chanel



Passam as estações e a camélia continua sendo tema recorrente nas criações da Maison Chanel, seja pontuando coleções ou inspirando coleções inteiras.
“Jardin de Camélias”, que faz parte da linha de alta joalheria da marca, é um exemplo coleção que trouxe todas as peças inspiradas na flor.



alta joalheria Chanel: pulseira, colar, anel e brincos em ouro,brilhantes e cerâmica


  
anel em ouro, brilhantes e turmalina rosa



brincos em ouro, brilhantes e rubis





Valéria Bordin

Nenhum comentário:

Postar um comentário